Pedras de minha rua – Adolfo Liberato de Moura

19 de outubro de 2018

Rua Adolfo Liberato de Moura
Nascido – 23 de setembro de 1915
Falecimento – 02 de junho de 1999
Natural de Miguel Calmon – Bahia

Da família Miranda e Liberato de Moura, o senhor Adolfo era filho de Salvador Liberato de Moura e Joventina Miranda de Moura. Eram seus irmãos: Astério, Jairo, Nelson, Vivaldina, Durvalina e Laurinda. Casado com a senhora Georgete Karaoglan de Moura, juntos tiveram os filhos Adolfo e Ana Lígia. Dr. Adolfo era uma pessoa que admirava a honestidade e o respeito e se sentia muito bem em servir a todos, indistintamente. De formação superior, era farmacêutico e proprietário da Farmácia Santa Rita. Na qualidade de homem público e político, foi prefeito por dois mandatos e se aposentou como funcionário público. Prefeito na década de 1950, muito interessado no progresso de nossa terra, chegou a construir obras importantes, dentre elas um Campo de Aviação, que foi um sucesso, uma verdadeira festança para a população e os nobres daquela época. Conta-se que, na chegada do primeiro avião, teve gente correndo para todos os lados – uns para conhecer de perto, outros para bem longe, com medo da máquina voadora. Naquela ocasião, alguns amigos foram prestigiados pelo prefeito Adolfo e escolhidos para dar um voo pelo município. Odonel Miranda Rios cedeu seu lugar à sua filha – a querida Lilinha Rios – para o seu primeiro voo de avião, sobrevoando as terras calmonenses. Foram muitas as emoções naquela manhã de domingo! Com uma visão de futuro, Adolfo Liberato era um político respeitado, que primava pela transparência – ao final de cada ano, emitia um boletim, prestando contas dos recursos públicos a toda a população, o que chamamos hoje de Lei de Responsabilidade Fiscal. Entre outras obras e benefícios para a população calmonense, trouxe água encanada para a sede do município e deu os primeiros passos para a construção do Hospital Padre Paulo Felber. Seus últimos anos foram vividos na capital do estado, onde veio a falecer. Sua história está guardada na memória de nossa cidade e seu nome compõe mais uma crônica do livro Pedras de minha Rua. Essa rua fica localizada entre a Estação Rodoviária e o Pontilhão.

Transparência

Atendimento

  Endereço

Av. Odonel Miranda Rios, 45 1º andar Centro


  Horário

Segunda a sexta-feira das 08:00 às 12:00 das 14:00 às 18:00


Telefone

74 3627 2122

IBDM-Modernização validator w3c