Pedras de minha rua – Rua Evandro Cardoso de Andrade

23 de novembro de 2018

Rua – Evandro Cardoso de Andrade
Nascido em – 20 de abril 1933
Falecido em – 19 de junho 1998

Seu Evandro, pertencente à família Andrade, de origem portuguesa, era filho de Maria Cardoso de Andrade e José Maria de Andrade Júnior, o saudoso José Eletricista. Irmão de grandes figuras das terras calmonenses, como Walter Andrade, Valfrido, Vavá, Celeste de Lalá, Zélia, Eugênia, Eugênio, Nancy, Marta e Fábio. Cursou o ensino médio no colégio Municipal Nossa Senhora da Conceição. Foi serventuário público, no cartório de registro civil, até se aposentar. Homem íntegro e trabalhador, foi criador de ovinos e bovinos em sua pequena propriedade. Quando jovem, enamorou-se com Dalva Marques, com quem casou-se e tiveram os filhos Anselmo, Fabian e Charles. Foi membro da Igreja Presbiteriana e, posteriormente criador da Igreja Congregacional. Amante da política, foi vereador por três mandatos e também candidato a vice-prefeito, em 1982, mas não se elegeu. Além das tarefas diárias, o torcedor nato do Flamengo – seu time do seu coração – dedicava grande parte de seu tempo às atividades esportivas, sua outra paixão. Foi jogador da seleção calmonense onde foi destaque. Em 1968, foi técnico da seleção calmonense e criou uma escolinha de futebol, que contribuiu para a descoberta de vários talentos esportivos. Em junho 1998, Evandro Cardoso partiu para sua morada eterna, seu corpo foi velado com honras na Câmara de Vereadores de Miguel Calmon e suas histórias ficaram eternizadas nas memórias de nossa terra. Evandro Cardoso é mais um nome que compõe as crônicas Pedras de Minha Rua. Rua localizada nas proximidades da Escola Paulo Américo.

Transparência

Atendimento

  Endereço

Av. Odonel Miranda Rios, 45 1º andar Centro


  Horário

Segunda a sexta-feira das 08:00 às 12:00 das 14:00 às 18:00


Telefone

74 3627 2122

IBDM-Modernização validator w3c